Piquenique na Mostra, traga sua toalha, guloseimas e entre no ritmo do Slow Food

O smartphone vibrou. Nova mensagem, ligação perdida, olhadela no relógio e o dia já está atrasado de novo. Trânsito, música no carro, notícias na rádio ou nos fones de ouvido dentro do ônibus. Já estudou o que precisava? Preparou aquela pendência do trabalho? O que está faltando? Buzinaço, propagandas, ruas cheias, tempo passando, bateu a fome. E agora?

Nosso ritmo de alimentação segue a mesma lógica da vida nas metrópoles nesse século XXI: Não há tempo, não dá tempo, só se for pra já. Comer é um ato de pressa, misturado ao nosso pequeno caos cotidiano, tudo com hora muito marcada e aproveitada pelo marketing dos fast foods e sedutoras porcarias de qualquer tipo.

Como forma de desafiar o corre-corre e promover uma experiência diferente e vagarosa no espaço urbano de BH, a Mostra Instrumental realiza, desde sua primeira edição, piqueniques coletivos e ações em parceria com o movimento Slow Food no Brasil. Neste ano, a iniciativa será repetida durante os shows do festival, nos dias 20 e 21 de outubro, no Parque Municipal, a partir das 14h.

A Mostra e o Slow Food Brasil convidam todo público a trazer suas toalhas, deitar as guloseimas sobre a grama, caprichar no pote daquela geléia que só a avó sabe fazer, embrulhar o queijo que veio da roça, preparar um bolo, botar tudo na roda e curtir o dia. A música vai embalar essa experiência, de prazer pela boca e pelos ouvidos.

SOBRE O SLOW FOOD NO MUNDO E EM BH

O Movimento Slow Food é uma associação internacional sem fins lucrativos fundada em 1989. Sua filosofia visa conjugar o prazer e a alimentação com consciência e responsabilidade, reconhecendo as fortes conexões entre o prato e o planeta. Hoje, no mundo todo são mais de 100 mil associados que formam e mantêm o movimento.

Em Minas Gerais, o Slow Food chegou há pouco tempo por meio de um Convivium, grupo de promoção da filosofia slow. Nascido em abril deste ano, o Convivium Sonhos de Liberdade, como é chamado, vem adquirido mais adeptos a cada dia.

Segundo Isabela Gui, uma das integrantes do movimento em BH, o princípio básico do movimento é o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto os produtores. A filosofia Slow opõe-se à tendência de padronização do alimento e defende a necessidade de que os consumidores sejam bem informados, tornando-se co-produtores. “Todos nós temos direito a um alimento que seja nutritivo e deliciosamente saboroso”, completa.

Para Isabela, é de extrema importância a existência de ações como a Mostra Instrumental, juntando a música, a natureza e o convívio comunitário. “Música e alimento tem tudo a ver! Principalmente música instrumental de primeira qualidade, como vamos ver na Mostra. Faz bem ao espírito e ao corpo, assim como um bom alimento”, explica.

1 Response to “Piquenique na Mostra, traga sua toalha, guloseimas e entre no ritmo do Slow Food”


  1. 1 Maria Teresa Beltrão 20 de outubro de 2012 às 10:05

    Gostaria de fazer uma correção neste texto. Existem grupos do Slow Food em Minas Gerais na cidade de Montes Claros e na Serra do Salitre e em Belo Horizonte que estão ativos há alguns anos. Não é correto dizer que o Slow Food chegou este ano no estado.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




MOSTRA INSTRUMENTAL

Música, convivência, piquenique, improviso e espontaneidade nos parques de Belo Horizonte

Piqueniques

Aproveite os piqueniques que vão acontecer durante os shows da Mostra: convide seus amigos, traga uma toalha e alguns comes & bebes para compartilhar.

%d blogueiros gostam disto: